A MODA ESTÁ DE OLHO NO FUTURO

Questionamentos sobre como a moda irá se comportar após a pandemia junto com o seu consumidor tem sido um dos fatores que movimentaram diversas soluções criativas. Dentre elas um grande indicador sobre o futuro deste olhar e comportamento.


As produções das máscaras abriram um leque de opções para produções que tragam uma correlação com o conforto, sustentabilidade e também a saúde.
Os pijamas ganham as opções criatiavas para vendas e o conforto do consumidor que teve a sua quarentena prorrogada até o dia 31 de maio.

Os brechós com peças de segunda mão e as marcas com fibras ecológicas tem ganhado impulsionamento nas áreas das vendas digitais, um mero reflexo que cogita uma grande mudança na cabeça do consumidor, que além de ser uma pessoa, trará um olhar mais afetivo, humano e consciente para com os objetos de cada branding.

 PERFIL DA INFLUENCER: ISA FERRER

Para aqueles que não estão com foco em vendas neste momento ( com total razão ) seria muito válido a reflexão sobre os meios de produções: como podemos colaborar com a restauração dos recursos naturais; como impulsionar as vendas digitais com transparência, rastreabilidade e afeto; daqui para frente, a melhora para um branding mais humanitário e quanto mais reflexões transformadoras surgiram neste momento... És bem vindo !

De fato este momento é bem mais duro que a quebra da bolsa dos anos 30's mas tão impossível para um mercado que se reinventou após as perdas da Segunda Guerra, que demasiou grandes escassez de recursos.



Porém é mais que certo o aumento pela procura de peças em segunda mão com o crescimento do brechó e trabalhos que de fato cumprem um papel ativo na indústria têxtil, combatendo as desigualdades sociais com solidariedade e verdade.

Após o declínio das revistas exemplificadas pela atitude de publishing da Vogue, as empresas e empreededores que não tiveram as palavras chaves no seu trabalho como: diversidade, sustentabilidade, conforto, inclusão, rastreabilidade e transparência... Por certo não irá sobrevir o pós deste isolamento.




@blogguilhermedias

Blog Guilherme Dias

Nenhum comentário:

Postar um comentário