O IMPACTO DA MODA AO MEIO AMBIENTE EM ESCALA NACIONAL

O Brasil produz mais de 12 milhões de lixos anuais,  sendo 170 mil toneladas de lixo têxtil. Desse total, considerando a produção mensal das principais empresas recicladoras, 40% são reprocessados pela indústria de transformação, gerando um total de 72 mil toneladas por ano. Além disso, também há um grande impacto ambiental. Como o gasto dos mais de 700 litros de água para se fazer uma calça jeans, o equivalente a mais de 200 banhos, sem contar nos animais que são abatidos para a confecção das peças. 
Após tantos dados levantados, a moda sustentável tem ganhado força e aumento cada dia mais no Brasil e no mundo. Grandes projetos de sustentabilidade tem surgido como um canal de transformação consciente, além de grandes marcas e semanas de moda que tem deixado grandes feitos como a Insecta Shoes, Flavia Aranha, Ahlma, Brasil Eco Fashion Week e só aumenta. 
Enquanto isso, grandes marcas foram totalmente incentivadas a esta reflexão, como a Chanel que decretou o fim do uso ao couro, Gucci, Versace, Tommy, Giorgio Armani, Calvin Klein, Maison e outras.
Vez após vez, a moda sustentável vem realizando grandes conquistas em busca de um mundo melhor e um ser humano melhor.
 Em uma situação tão complicada ao nosso meio ambiente, a consciência é o começo de uma grande reforma, pois a reflexão do amanhã é mudança do hoje.



Blog Guilherme Dias

Nenhum comentário:

Postar um comentário